Skip Navigation LinksInstituto Neoenergia > Português (Brasil) > Como Atuamos > Ação Social > Programa de Aceleração Social Impactô

Programa de Aceleração Social Impactô

​​​​​​​​​​

O Programa de Aceleração Social Impactô, realizado em parceria com o Instituto Ekloos, maior aceleradora social do Brasil, tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento de Organizações da Sociedade Civil e Negócios Sociais. 


Os gestores das organizações, selecionados via edital, participam de capacitações e mentorias nas áreas de gestão estratégica, negócios e inovação, durante o período de 5 meses.


Ao final do Programa, as organizações participam de uma banca de investimento, podendo receber um incentivo financeiro adicional.

 

 

Organizações da sociedade civil, associações comunitárias, coletivos e negócios sociais das seguintes áreas: educação, cultura, meio ambiente, energias renováveis, desenvolvimento territorial e tecnologia. Se você é gestora, fundadora ou cofundadora de alguma organização ou negócio desse tipo, chegou a hora de se inscrever no Impactô 2021. A edição deste ano vai fomentar e fortalecer até 10 (dez) instituições que tenham uma mulher como principal liderança, nas nas seguintes localidades:

 

Bahia (BA): Casa Nova, Lagoa do Alegre, Caetité, Itarantim, Itapebi e Itagimirim;

Paraná (PR): Capanema, Capitão Leônidas Marques, Planalto, Realeza e Nova Prata do Iguaçu;

Piauí (PI): São Raimundo Nonato, Dom Inocêncio, Lagoa do Barro do Piauí e Queimada Nova.

Minas Gerais (MG): Governador Valadares, Salto da Divisa, Periquito, Alpercata, Fernandes Tourinho, Iapu e Sobrália;

Goiás (GO): Luziânia

 

As organizações receberão mentorias remotas e poderão receber um incentivo financeiro de até R$ 90 mil no fim do programa.


Confira ​o resultado

A edição especial Covid-19 do Programa de Aceleração Social Impactô de 2020, que ocorreu nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, foi uma experiência extraordinária, na avaliação dos gestores das dezesseis organizações selecionadas, entre organizações sociais e negócios de impacto social. Além do recurso emergencial de R$ 20 mil do edital de seleção, as lideranças dos projetos participaram de mentorias on-line nas áreas de gestão estratégica, como gestão financeira, comunicação, construção de indicadores de mensuração, ministradas pelos especialistas do Instituto Ekloos e apoio de colaboradores voluntários da Neoenergia.

Ao final do Programa, as organizações foram avaliadas por uma banca de investimentos, formada por líderes da Neoenergia e do Instituto Neoenergia, para receberem um incentivo adicional de até R$ 45 mil reais para as organizações do Rio, e R$ 45 mil reais para as organizações de São Paulo.

Clique aqui e confira as organizações que participaram da 2ª edição do Impactô no RJ e SP.


Resultados:


16 iniciativas participantes do projeto;

58
 gestores e colaboradores das organizações e negócios envolvidos na aceleração;

210.993
 beneficiados diretos (soma do público atendido pelas organizações);

19 
líderes da Neoenergia inscritos como mentores no programa;
R$ 320 mil repassados diretamente às organizações como recurso emergencial para minimizar os impactos da pandemia.

ODS impactados: 4, 10, 16 e 17


Depoimentos de quem participou:


Miguel Neto, professor de música e coordenador do projeto Crescer para o Futuro


“As mentorias nos ajudaram a olhar para o Crescer para o Futuro, a nos ensinar a contar a nossa história, a descobrir que somos a única camerata de rabecas do Estado de São Paulo. Agora com o recurso que ganhamos ao final do Impactô, vamos comprar mais instrumentos e continuar a trabalhar o patrimônio cultural caiçara, por meio das oficinas musicais de rabeca, violão e percussão, dirigidas a mais de 150 crianças e adolescentes de nosso município."



Benigna Siqueira,
 Coordenadora de projetos na Associação Cultural Comunitária Pró-Morato.


“O Impactô não trouxe uma, mas foram várias novas luzes no túnel na história do Pró-Morato. Com o recurso inicial, chamamos os professores de música, tocamos a iniciação musical e retornarmos com a orquestra, totalmente no ambiente digital. Nossa primeira ação foi realizar uma apresentação musical da orquestra, num carro que circulou por vários bairros de Francisco Morato, levando música e orientações sobre a prevenção à COVID".




Rejane Luna, Coordenadora Administrativa e Financeira da Associação Nagai



“ Ficamos muito impactados com o programa de aceleração, pois foi um divisor de águas. Passamos a entender melhor nossos limites, estruturamos melhor nosso projeto e refletimos na construção de indicadores de mensuração e na nossa comunicação. Além disso, os recursos que recebemos que nos ajudaram bastante a repensar a nossa forma de fazer, a contar nossa linda história e a viabilizar nosso projeto no Complexo do Alemão".


 


Em 2019, a iniciativa selecionou cinco organizações de Salvador (BA) –  Acopamec, Associação Clara Amizade, Bankman, CIPÓ - Comunicação Interativa e Punk Hazard Studios –  para participar de capacitações e mentorias nas áreas de gestão estratégica, negócios e inovação, durante o período de quatro meses, totalizando 864 horas de mentoria que impactaram diretamente 2.145 crianças, adolescentes e jovens atendidos pelas instituições aceleradas.  Indiretamente, o projeto teve mais de 10 mil beneficiados.




Eu quero:

Compartilhar no: